08 jun. 2024 10h00 Até 12h00

A paisagem epigráfica de Leiria: da antiguidade aos nossos dias, o que ficou nas pedras e nos livros

Museu de Leiria
Leiria
Workshop Cultura Museus Oficina

Sinopse

Atividade realizada no âmbito da programação da Feira do Livro.

Propõe-se com esta atividade oferecer aos participantes uma introdução à história da escrita no mundo romano e da sua transposição para os modelos epigráficos produzidos a partir do Renascimento. Tratar-se-ão os diferentes tipos de escrita utilizada na Antiguidade romana (capital e cursiva) e a forma como foram recuperados nos textos epigráficos escritos em Latim e em Português a partir da epigrafia humanística. Os participantes irão ler e interpretar três inscrições funerárias romanas e duas inscrições portuguesas em exposição no Museu de Leiria. Esta atividade permitirá dar a conhecer a paisagem epigráfica da cidade de Leiria, bem como sensibilizar os participantes para a valorização e importância da conservação da epigrafia portuguesa patente nos edifícios e ruas da cidade. A este propósito propõe-se também uma reflexão sobre a cópia e transmissão dos textos epigráficos em livros e obras de épocas diferentes. Como atividade final, os participantes serão convidados a observar exemplos da paisagem epigráfica nas imediações do Museu de Leiria.

Ficha técnica

Organização
Município de Leiria | Museu de Leiria | Catarina Gaspar (Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa | Equipa de investigação HPRT3-Epigraphica)

Dinamização
Catarina Gaspar (Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa | Equipa de investigação HPRT3-Epigraphica)

Outras Informações

Participação gratuita, mas sujeita a inscrição prévia para museudeleiria@cm-leiria.pt ou 244 839 677 (chamada para rede fixa).

Público-alvo: M/ 12 anos

Esta actividade é financiada por Fundos Nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projecto UIDB/00019/2020” / “This work is financed with National Funds through FCT (Foundation for Science and Technology), through the project UIDB/00019/20200